Tags

, , , , , , , ,

Ata de fundação do DAJOM

Ata de fundação do DAJOM

Diretório Acadêmico Josaphat Marinho (DAJOM) acabou de debutar.  

Em 28.09.1998, a primeira turma do então recém-criado curso de Direito da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), na Bahia, elegeu representantes para integrarem a Comissão Gestora com a missão de implantar o DAJOM. 

Dois meses depois, no dia 30.11.1998, os membros da CG foram empossados na direção da entidade estudantil.

Compuseram a primeira gestão, com mandato de 1 ano:

Ana Cacilda Reis (presidente);
Victor Emmanuel Brito Menezes (vice-presidente);
Alex Paulo de Jesus Santa Anna (secretário-geral);
Leandro Pires Fernandes (tesoureiro);
Ricardo Matos Damasceno (secretário de imprensa);
Danilo Andreato (secretário de esportes);
Valtercio Filho (secretário de cultura);
Renata Rocha, Danillo Torres de Amorim e Tannille Macedo (suplentes).

É antigo e notório o carinho que nutro pelo curso de Direito da UEFS, professores, amigos e colegas que lá conheci e, em especial, pela primeira turma. Como forma de demonstrar essa afeição, meu trabalho de conclusão apresentado no segundo semestre de 2003 teve como tema essa própria graduação, naquele momento prestes a completar um ciclo acadêmico. Escrevi a monografia sob a orientação da estimada professora Marília Lomanto Veloso, sob o título As letras jurídicas e a Princesa do Sertão: a singular pluralidade dos estudantes de Direito da UEFS (leia a versão resumida aqui).

A criação do DAJOM, que completou 15 anos no final de setembro de 2013, foi um acontecimento histórico na vida acadêmica da Universidade Estadual de Feira de Santana. Senti-me na obrigação de fazer, aqui, esse pequeno registro.